Investimentos

Como comprar ações online no Brasil em 2021

Saiba como comprar ações no Brasil em plataformas de corretoras online. Confira nosso passo a passo desde a criação de sua conta até a execução da ordem.

O mercado de ações faz sucesso no Brasil há muitos anos, atraindo cada vez mais pequenos investidores que desejam aumentar seus ganhos graças à renda variável. Em grande parte, isso se deve à facilidade para se comprar ações hoje em dia, já que isso pode ser feito online, nas plataformas de diversas corretoras e sem a necessidade de uma grande soma de dinheiro.

Neste artigo, explicamos de forma simples como é o processo para abrir conta em uma corretora online e começar a investir em ações no Brasil em 2021. Além disso, respondemos a algumas dúvidas comuns de quem pensa em comprar ações.

O que são ações?

Antes de tudo, é importante explicar o que são, afinal, ações de empresas. Afinal, caso você esteja interessado em entrar nesse universo, é necessário ter uma ideia clara do que está por trás desse instrumento financeiro tão popular.

As ações representam uma parte do valor das empresas de capital aberto. Elas são negociadas na Bolsa de Valores – no caso do Brasil, isso ocorre na B3. Quando você adquire papéis de uma empresa na bolsa, torna-se acionista dela. Com isso, passa a ter direito a uma parte dos rendimentos gerados pela empresa. Além disso, você pode ganhar dinheiro vendendo as ações da empresa por um valor maior do que pagou.

Para abrir capital e oferecer ações na Bolsa de Valores (algo chamado de Initial Public Offering, ou IPO, quando ocorre pela primeira vez), as empresas passam por um rigoroso processo. Isso inclui a divulgação de informações sobre sua situação financeira e sobre o formato do IPO (como preço e quantidade de ações que serão ofertadas).

Ao abrir capital, as empresas esperam captar recursos que possam financiar a expansão dos negócios ou fortalecer o caixa em períodos difíceis, sem ter que recorrer a empréstimos. Já os investidores esperam lucrar com as ações no curto prazo, comprando e vendendo as ações no day trade, ou no longo prazo, aproveitando uma valorização sustentada dos papéis e a distribuição de dividendos.

Qualquer pessoa pode investir em ações?

A principal razão para que tantas pessoas tenham começado a investir em ações nos últimos anos é a facilidade de acesso a esse mercado. Graças às plataformas online de corretoras e à flexibilização das regras de entrada, é possível investir nesse mercado com valores extremamente baixos e sem muita burocracia. Com isso, praticamente qualquer pessoa pode investir em ações.

Você precisará, basicamente, de um dispositivo com acesso à internet para controlar seus investimentos. Quanto ao valor necessário, tenha em mente que os lotes de ações têm sempre, no mínimo, 100 unidades. Então, você precisará calcular o valor mínimo do investimento baseando-se no preço da ação. Se o valor por ação é de R$10, você precisará de pelo menos R$1.000 para investir.

Por outro lado, hoje existe também o mercado fracionário, que permite a compra de 1 a 99 ações de uma mesma empresa. Ou seja, o acesso ficou ainda mais fácil para quem não tem ou não deseja investir tanto dinheiro. No entanto, fique sempre atento às taxas da sua corretora para saber se vale a pena investir valores baixo demais.

Como comprar ações pela internet: Passo a passo

Agora que já explicamos o básico sobre o que são ações e quem tem acesso a elas, vamos explicar como você pode comprá-las online.

Confira o nosso passo a passo a seguir:

1. Defina seu perfil de investidor

Antes de abrir uma conta em uma corretora e começar a investir em ações, é importante traçar o seu perfil de investidor. Isso inclui saber quanto você pretende gastar em ações, se deseja negociar no curto, médio ou longo prazo, e qual nível de risco está propenso a aceitar em seus investimentos.

Com base nessas informações, você estará apto(a) a escolher uma corretora que faça sentido para a atividade que você pretende ter. Por exemplo, se deseja negociar day trade, vale mais a pena uma corretora que cobre um valor fechado por mês, em vez de taxas de corretagem por ordem efetuada. Caso queira investir no longo prazo, faz mais sentido uma corretora que cobre por negociação.

2. Abra uma conta em uma corretora

Portanto, com base em seu perfil, você terá uma ideia da corretora mais indicada. Como estamos falando em comprar ações pela internet, também é importante assegurar que ela oferece uma plataforma online de qualidade.

As principais corretoras de valores do país, como XP, Clear, Toro e outras mais, costumam tornar muito simples o processo de onboarding de novos clientes. Afinal, não faria sentido dificultar essa etapa.

Normalmente, para abrir sua conta, será necessário preencher um formulário com seus dados pessoais e de contato. Além disso, você terá que validar o contrato com a corretora e, muitas vezes, preencher um formulário para que a empresa entenda qual é o seu perfil de investimento.

3. Transfira dinheiro para sua conta na corretora

Após ter cumprido todos os requisitos para abrir e validar sua conta na corretora, o próximo passo é transferir fundos para ela. Os métodos de pagamento aceitos podem variar conforme a corretora, mas a forma mais comum é via TED. Além disso, a corretora pode exigir que a transferência seja feita a partir de uma conta no nome do titular. Já os dados da conta da corretora costumam ser disponibilizados por e-mail ou no site.

Antes de fazer a transferência, planeje o quanto deseja investir, conforme a quantidade mínima de ações e o preço corrente das ações em que está interessado(a). Assim, você evitará a necessidade de fazer novas transferências a todo instante.

4. Analise as melhores ações para investir

Com sua conta ativa e capital disponível para investir, é hora de acessar a plataforma da corretora online e consultar as melhores opções de ações. A navegação costuma variar conforme o ambiente de home broker de cada corretora online. Por isso, sugerimos que você confira com antecedência como ela funciona, para então começar a negociar.

Confira o preço e o desempenho no dia de cada ação na qual você tem interesse, principalmente se pretende investir no curto prazo. Afinal, você precisará submeter a ordem de compra no momento certo: com o preço baixo e expectativa de crescimento. Isso se torna um pouco menos relevante, se você planeja investir no longo prazo. De qualquer forma, é importante analisar atentamente as condições do mercado.

4. Submeta uma ordem de compra

Se você já decidiu em qual ação pretende investir, basta selecioná-la no menu com base em seu ticker (o “código” da ação, como PETR4 para a Petrobras). Então, defina um limite de preço ou opte pelo preço de mercado, informe a quantidade de ações que irá comprar e confirme a operação.

Em um primeiro momento, sua ordem de compra fica sob responsabilidade da corretora, que irá transmiti-la à Bolsa de Valores. Uma vez que alguém aceite vender pelo preço que você definiu na ordem, a compra é executada. A partir desse momento, você terá a custódia da ação e poderá fazer o que quiser com ela. Além disso, com a execução da compra, são descontadas as taxas relativas à corretagem e aos emolumentos.

5. Pronto! Agora basta acompanhar o seu desempenho

A partir do momento em que você se torna dono de uma certa quantidade de ações de uma empresa, o que você fará com isso depende da sua estratégia e perfil de investidor.

Caso você seja um investidor de curto prazo, inclusive um trader, ficará atento ao desempenho do preço de mercado da ação logo após a compra. Afinal, a qualquer momento, pode surgir uma oportunidade de vendê-la com lucro.

Por outro lado, se prefere investir no longo prazo, você pode ficar sossegado(a) após comprar a ação e esperar pela sua esperada valorização. Neste caso, ainda haverá a possibilidade de receber dividendos, dependendo do desempenho da empresa.

Image

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detected

Por favor, desactivar o ADblock. Caso contrário, não poderemos mostrar toda a beleza do conteúdo desta página.