InvestimentosOpções Binárias

Como funciona o trade em Opções Binárias

A palavra trade, em inglês, significa comércio, negociação. Mas quando falamos especificamente em mercado financeiro, o significado é um pouco mais amplo. O ato de negociar, o trading, é uma negociação que pressupõe uma troca. Uma espécie de negociação de compra e venda simultânea. 

O trade em Opções Binárias, apesar de também partir desse pressuposto, não acontece exatamente dessa maneira. Para operar em Opções Binárias, ou seja, para se tornar um investidor ou trader, é preciso compreender as particularidades desse tipo de investimento.

Neste tipo de operação, o trader não precisa investir adquirindo ativos ou comprando ações. No caso das Opções Binárias, o investidor aposta em um determinado ativo e nas chances que acredita que ele pode ter de valorizar ou desvalorizar em um certo espaço de tempo. 

Ou seja, digamos que o investidor acredite na valorização de uma moeda e queira investir em Opções Binárias apostando neste aumento do preço da moeda. Para isso, ele deve determinar em qual período isso irá acontecer. O investidor pode operar em tempos que variam de segundos até semanas. 

Neste tipo de negociação, neste tipo de trade, o investidor aposta ou na descida (PUT) ou então na subida (CALL). E se for capaz de adivinhar, pode chegar a ter lucros superiores a oitenta por cento em cada operação. 

Como  funciona o trade em Opções Binárias?

blank

Diferente de outras negociações do mercado financeira, as Opções Binárias, ao menos em teoria, são bastante simples. Dizemos que são simples, pois ao escolher investir o trader tem apenas duas opções para escolher. Justamente desta binariedade de opções é que surgiu o nome desta operação. 

Apesar da binariedade e dos riscos, os investidores que costumam operar há mais tempo, conseguem identificar recorrências e padrões que ajudam a ter melhores resultados. Ou seja, um investidor capaz de agir de maneira organizada e não impulsiva, operando estrategicamente a partir de dados, pode sim realizar negociações de qualidade. 

Apesar das probabilidades serem inicialmente de cinquenta por cento de chances de acerto e erro, quanto mais um trader se aprofunda em um determinado ativo e aprende a negociar analisando gráficos, mais chances tem de reduzir essa porcentagem. 

Resumindo, em uma negociação no mercado de Opções Binárias, sempre que o investidor opera, ele na verdade está especulando em cima de algum outro ativo no mercado, ao invés de adquirir aquele ativo. O preço neste tipo de trade varia sempre entre zero e cem dólares.

Para que fique mais claro, imagine que um investidor deseje operar em Opções Binárias a partir da variação cambial entre o Real e o Dólar, por exemplo. Digamos, que o investidor acredite que o Dólar terá uma alta e investe até cem dólares comprando uma CALL que ofereça setenta por cento de retorno em sessenta minutos.

Se ao final desta uma hora, a cotação tiver subido, mesmo que seja apenas um centavo, o investidor ganha os cem dólares que investiu mais os setenta de retorno. Ou seja possui agora cento e setenta dólares. No entanto, se a cotação baixar ao invés de subir, o investidor perde todo o valor. 

Como negociar em Opções Binárias?

Existem diferentes maneiras de negociar em Opções Binárias, variados modos de realizar cada tipo de trade. Reunimos aqui algumas das principais formas de negociar em Opções Binárias. 

A primeira delas e também uma das mais simples é conhecida como “dinheiro ou nada”. Assim como exemplificado acima, esta operação se baseia em apostar se um valor estará acima ou abaixo do ativo apostado ao fim do período escolhido. 

Quando falamos de “ativos ou nada” falamos de uma operação que é exatamente o contrário da anterior. Neste caso, os pagamentos são definidos pelo preço que o ativo pode atingir. Este tipo de operação costuma ser feita por traders com mais experiência, pois demanda um pouco mais de conhecimento sobre como operam os preços de um determinado ativo.   

Nas Opções Binárias em “sessenta segundos”, o investidor trabalha com trades de operações rápidas. Mas o que isso significa? Que o investidor que estiver sempre conectado com suas operações pode neste caso fechar rapidamente sua operação assim que ela atingir o valor desejado, ou seja maiores chances de lucro. 

Nas operações em “one touch” o investidor opera da seguinte maneira. Ele escolhe um ativo e aposta que este ativo pode alcançar um valor específico em um determinado período de tempo. Novamente, é uma operação que demanda conhecimento. Não faz sentido arriscar um valor específico, se o trader não tiver chances claras de acertar o valor durante o tempo da operação. 

Por fim, mas não menos importante, temos as operações ‘no touch’. Ao contrário da operação anterior, no caso da ‘no touch’, o que o investidor aposta é que um determinado ativo não irá alcançar determinado preço durante o tempo da operação. 

Portanto, como destacamos, na maioria das Opções, apesar das facilidades, é sempre importante conhecer como funcionam os ativos e as operações antes de se arriscar. Estratégia e conhecimento podem diminuir os riscos dessas operações.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo