Opções Binárias

Como aplicar Bandas de Bollinger em Opções Binárias

Bandas de Bollinger consistem na ferramenta perfeita para aproveitar o momento certo para atuar no mercado, especialmente se você usar expirações curtas, de poucos minutos. As bandas de Bollinger são formadas por 3 linhas. Uma é a média, localizada no centro, a partir da qual vamos adicionando e subtraindo alguns valores para obter as duas linhas externas (as quais, juntamente com a central, formam as chamadas bandas). Essas bandas têm o nome de seu criador, John Bollinger, um trader e analista financeiro famoso.

A única coisa com a qual você deve ter cuidado, ao usar bandas, são os movimentos observados nos preços quando próximos às bandas superior e inferior.

Existem duas situações clássicas, nesse caso:

Sobrecompra: se o preço se move na área da banda superior e a toca, o mercado está numa fase de alta excessiva e, portanto, o preço voltará a cair em breve.

Sobrevenda: se o preço se move na área da banda inferior e a toca, significa que o mercado está em excesso de fase de queda e, portanto, o preço deve subir novamente em breve.

Aplicação das bandas de Bollinger

As BBs atuam como suportes e resistências para o mercado e, por esse motivo, devem ser observadas com atenção. A banda inferior é, portanto, uma espécie de suporte, uma área de limite de preço dentro da qual é possível determinar sinais importantes do mercado. A banda superior é uma espécie de resistência que sinaliza que o preço logo conhecerá uma alta.

A BBs podem oferecer sinais falsos, como sair da alta, entrar novamente e continuar em tendência de alta (também o contrário). Por isso sempre é bom ter cuidado, embora as bandas sejam muito confiáveis.

De modo a contornar esse problema, o próprio John Bollinger recomenda o uso de outros indicadores para garantir o bom funcionamento das bandas. Usá-las junto de outros indicadores ajuda na confirmação de sua precisão. Quando indicadores independentes confirmam os dados das bandas, o sinal obtido adquire significado especial e torna-se válido para realizar uma operação de investimento com opções binárias de poucos minutos.

Bandas de Bollinger em Opções Binárias

Relação com os sinais do RSI

O oscilador RSI (sigla para índice de força relativa) também dá indicações muito semelhantes às das bandas de Bollinger porque é capaz de mostrar os excessos do mercado e as fases de sobrecompra/sobrevenda. Há ainda uma outra diferença: a média móvel localizada no centro do oscilador, neste caso, não se movimenta entre 2 bandas, mas entre 2 valores que são normalmente definidos entre 30 e 70, mesmo se a faixa total do RSI for de 0 a 100.

Quando a linha do RSI está próxima de 70, que é de alta, isso significa que, neste caso, o mercado está sobrecomprado. Na prática, isso sugere que houve um excesso de alta que pode atrair a uma subsequente redução dos preços. Da mesma forma, se a média móvel do oscilador está em torno do valor 30, isso indica que o ativo que você está analisando está em sobrevenda. O preço pode, portanto, sofrer uma alta. Tudo isso acontece de forma semelhante nas bandas de Bollinger, conforme acabamos de ver.

Negociando binárias com Bollinger + RSI

Opções de compra: você deve comprar uma opção binária otimista se o mercado estiver sobrevendido, mas deve confirmar essa hipótese pelas bandas e pelo RSI, no momento de assumir uma opção de compra. Em particular, a média móvel do RSI deve estar abaixo de 20, enquanto o preço deve cair abaixo da faixa inferior ou tocá-la.

Opções de venda: Com relação às opções de venda binárias, deve-se certificar (graças aos indicadores) que o mercado encontra-se sobrecomprado. Assim, quando a média móvel do RSI confirma isso movendo-se acima do valor de 70 e a banda superior é excedida pelo preço, então é o caso de comprar uma opção de venda binária, porque é bastante provável que o mercado suba e você ganhe.

Ads

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo