ForexInvestimentos

O que é Mercado Forex e como ele funciona

Se você leu ou ouviu sobre o mercado Forex antes, certamente cogitou que essa pode ser uma opção interessante para investir seu dinheiro. O Mercado Forex tem chamado a atenção de investidores por dois motivos: o primeiro é o tempo. O Mercado Forex opera 24h por dia, o que dá mais tempo para investir e lucrar. E o segundo é que é possível fazer render o seu dinheiro nesse mercado mais que na poupança. Mas o que isso significa?

O mercado Forex funciona entre domingo e sexta-feira. Forex significa, em inglês, o “foreign exchange market” (em português, simplemente “mercado cambial”). O Mercado Forex existe há quase 50 anos e movimenta bilhões de dólares diariamente. Esse mercado tem se desenvolvido ano a ano e que se destaca por permitir que as regras que regulamentam os contratos possam ser acordadas de forma direta entre as partes envolvidas. Ou seja, esta facilitação na regulação permite que o mercado se movimente mais livremente. 

Não são apenas essas vantagens que têm colaborado para o crescimento do Mercado Forex. A internet e a possibilidade de poder acompanhar o seu investimento 24h por dia, potencializaram esse crescimento. Hoje se um investidor não está no mercado Forex presencialmente, nada impede que ele tenha um robô forex investindo por ele. 

Mas como funcionam as transações em um mercado cujos valores de negociação atingem volumes até 10 vezes maiores que os da bolsa?

Como o Mercado Forex funciona

Já vimos que Forex é um Mercado Cambial, mas qual o sentido disso para o investidor? Ao participar do mercado Forex, o investidor, ou como se costuma chamar, o trader, faz seus investimentos negociando pares de moedas, especulando quando o valor de uma moeda subirá ou cairá em relação a outra. 

Ou seja, qualquer operação em Forex envolve ao mesmo tempo a compra e a venda de uma moeda, por partes diferentes. A diferença entre preços, cotados pelos investidores, é chamada de spread trading. 

O trading Forex consiste em operar transações entre diferentes moedas. Digamos que você, como investidor, espera ver a libra esterlina (sigla GBP) se valorizando em comparação com o dólar. Você deve, portanto, comprar o par GBP/USD, que corresponde a estas moedas. Agora, se você espera que a Libra vá sofrer uma desvalorização e que o dólar pode se fortalecer, como investidor, terá que assumir uma posição em dólar para lucrar futuramente.

Essas ações têm nomes específicos no mercado Forex. O primeiro caso é conhecido como posição de compra, que significa que o operador quer comprar a moeda estrangeira base, (neste caso, a libra esterlina) e vender uma moeda secundária (o dólar). No segundo, o operador abriria posição de venda para ficar com dólares em vez de libras.

Quais moedas estrangeiras são negociadas no mercado Forex?

Para começar a investir e entender melhor a lógica do Mercado Forex, um investidor deve conhecer aquelas que são as moedas cujas transações são as mais populares. Considerando o mercado cambial de 2020, as moedas mais visadas (ou seja, mais negociadas) em Forex são o dólar (no caso, o americano), o euro, a libra, o yen e o franco. Outros um pouco menos utilizados, mas ainda com valor de negociação considerável são o dólar da australiano, do Canadá e da Nova Zelândia. 

Os demais pares são considerados de “moedas exóticas”. Ou seja, caso você queira investir neste mercado, procure saber quais moedas são mais negociadas. Atualmente, o par de moedas euro-dólar (EUR/USD) representa aproximadamente 30% do volume de negociações realizadas em Forex. Você não tem de estar nos Estados Unidos ou estar em algum país cuja moeda é o euro para negociar com essas moedas no mercado Forex. 

Quem negocia no mercado Forex?

Atualmente, os traders individuais ainda são uma influência pequena no mercado quando os analisamos separadamente. Porém, com o grande número de investidores desse tipo crescendo, tem sido possível sentir o impacto dos traders no mercado.

As principais decisões, atualmente, ainda são definidas pelos bancos centrais que influenciam os preços dos pares. Estes não são os únicos que operam Forex. Governos, bancos, fundos de investimento, corretoras e investidores (profissionais e particulares) também participam desse mercado.  Ou seja, apesar de as decisões de liquidez passarem principalmente pelos bancos centrais, todos esses atores acabam tendo influência sobre a magnitude dos movimentos entre pares de moeda.

Finalizando

Iniciamos este artigo falando sobre dois motivos que atraíam investidores para o Mercado Forex: tempo e rendimentos. No entanto, vimos que o mercado Forex é complexo – muito mais que simplesmente ter tempo e querer obter rendimentos. Por isso, se você deseja mesmo investir em Forex, deve se informar bem antes de esperar obter lucros investindo 24h por dia. Isso demandará, no entanto, tempo e conhecimento, e nunca será algo alcançado facilmente.

Ads

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Olha, até eu que invisto faz tempinho em Forex não sabia de algumas coisas kkk Parabéns, excelente conteúdo! Vou acompanhar o trabalho de vocês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo