FerramentasInvestimentosOpções Binárias

Planilhas de Opções Binárias: o que são e como funcionam

Caso esteja interessado em Opções Binárias, talvez já tenham aconselhado você a usar Planilhas de Opções Binárias. Se essa for a primeira vez, não há problema. Nossa ideia aqui é explicar um pouco o modo como funcionam essas planilhas e quais os seus benefícios para os investidores.

As planilhas para gerenciamento, ou planilhas de gestão de banca são assim conhecidas porque ajudam os traders a visualizar e a compreender a gestão dos seus lucros e perdas. Atualmente, é difícil para um trader, seja ele iniciante ou não, atingir o sucesso em OBs operando sem o suporte de uma planilha (ou de outra ferramenta que cumpra esse importante papel.

Em qualquer tipo de investimento, o gerenciamento é, sem dúvidas, um componente importante para chegar a resultados satisfatórios. A grande questão, em relação às Opções Binárias, é que, devido às inúmeras operações realizadas, pode ficar complicado monitorar os lucros e perdas reais sem uma planilha devidamente organizada. E foi a partir dessa demandas que as planilhas se popularizaram.

Onde encontrar uma planilha para OBs?

Hoje diversos sites, plataformas e empresas oferecem planilhas de gerenciamento (sempre, claro, anunciadas como as melhores disponíveis no mercado). Muitas delas são bastante práticas e podem mesmo ajudar na hora do trader visualizar como estão andando os seus investimentos. No entanto, isso não é o mesmo que dizer que toda planilha será a certa para você.

Afinal, mais importante que dispor de uma super-planilha, é o trader conhecer os seus investimentos e ser disciplinado. Partindo dessa base, o investidor pode então procurar uma planilha de confiança, que corresponda às suas próprias necessidades. A grande maioria das planilhas é bastante simples e conforme o investidor entendendo o funcionamento, pode ele mesmo realizar algumas alterações.

Por isso, bem antes de procurar uma planilha complexa, é recomendável que você encontre uma planilha que seja intuitiva e fácil de administrar. Você precisa ser capaz de compreender e usar todos os recursos fornecidos por ela.

O que buscar em uma planilha?

Como já dissemos, cada planilha tem suas particularidades. Porém, alguns pontos devem ser especialmente avaliados quando você for escolher a sua. Primeiramente, confira se a planilha tem gerenciamento de entradas e gestão de banca. Na gestão de banca, repare se você consegue visualizar perdas e ganhos. Em muitas planilhas, informações como essas são apresentadas em inglês, a partir dos termos Win e Loss.

Quais cálculos são mais comuns?

É importante que uma planilha seja capaz de executar cálculos automáticos de entradas, de Martingale e Soros. Para quem não conhece, o Martingale é uma estratégia que surgiu na França em apostas binárias, ou seja, em apostas com apenas duas opções. Os apostadores acreditavam que apostando sempre na mesma opção, eventualmente iriam ganhar. 

Atualmente, funciona de forma semelhante. Nas Opções Binárias, as opções são para baixo ou para cima. A partir das duas opções, o trader faz um investimento. Quando o investidor aposta a partir de Martingale, ele constrói uma planilha com seu sistema de apostas.

Na operação que fica registrada na planilha, sempre que o investidor perde na primeira chamada, ele dobra a aposta anterior. Quando começa a ganhar novamente, ele retorna ao investimento inicial. Ou seja, se um trader inicia suas apostas operando em 1, mas perde, ele deve dobrar para 2. Em seguida, 4, 8 etc. até ganhar. Quando ganha volta a apostar apenas 1.

Em teoria, este método seria à prova de perdas. No entanto, o mercado não é tão binário assim, e o investidor talvez não possa seguir dobrando a aposta até conseguir seu lucro. A planilha no entanto, pode ajudar a controlar tanto perdas quanto lucros.

No caso da estratégia de Soros, a planilha serve também para calcular e controlar o investimento do trader, mas calculando tudo de outra maneira. Caso o investidor utilize a estratégia de Soros, ele inicia investindo uma parte do seu dinheiro (normalmente, algo como 5% da banca). Depois, o trader reinveste apenas seus lucros.

Assim, ele repete essa operação pelo ao menos cinco vezes, conseguindo que o seu dinheiro se multiplique rapidamente. Caso ele perca, o investimento é baixo e ele pode refazer uma nova operação.

Finalizando

As planilhas são uma maneira prática de o investidor visualizar suas operações e prever seus possíveis lucros. Quanto mais completa for uma planilha de gerenciamento, maior será a capacidade do investidor para avaliar opções de investimento.

Mas lembre-se: as planilhas funcionam mais ou menos a partir de uma estatística, ou da presunção de recorrência. E nem sempre os padrões se repetem no mercado. Ou seja, veja as planilhas como mais um apoio para o gerenciamento dos seus lucros e perdas, não como uma ferramenta milagrosa.

E mantenha-se atualizado! É sempre indicado aprimorar suas planilhas de acordo conforme seu modo de operar. Informe-se, estude e sempre busque planilhas desenvolvidas por fontes confiáveis.

Ads

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo