EstratégiasFerramentasInvestimentosOpções Binárias

Opções Binárias: estratégias de trading com tendência M5

Neste artigo, ilustramos uma estratégia extremamente simples que podemos usar para ganhar dinheiro no trading de binárias. É a estratégia que segue a tendência M5. Segundo este modelo, nos baseamos na observação do mercado movendo-se conforme tendências claras, ou seja, com o preço seguindo numa determinada direção continuamente (até que a tendência mude, logicamente).

Dada a natureza única das binárias, é possível tirar proveito delas nesta situação. Por meio de binárias, você precisa somente definir a direção (tendência) do preço. Não precisa saber até onde, exatamente, o preço vai chegar. Se a previsão estiver correta, as binárias terão lucro. Simples assim.

Ok, talvez ter sucesso com essa estratégia não seja tão simples. Porém, seus fundamentos são simples o bastante para nos basearmos nessa estratégia para tomadas de decisão inteligentes. Isso tudo deve vir junto de um bom conhecimento sobre outras estratégias que podemos aplicar imediatamente, caso o cenário do mercado acabe se alterando e você veja a possibilidade de faturar mais.

Tendências do gráfico M5

Para implementar essa estratégia, usamos o gráfico M5, ou de cinco minutos. Nesse gráfico, cada ponto (opcionalmente, uma vela) representa cinco minutos do período analisado. O gráfico M5 é adequado para observações de tendências a curto prazo. Como a maioria das binárias tem duração entre 30 minutos e 24 horas, o curto prazo é que nos interessa aqui.

Escolha o ativo subjacente (uma ação ou índice de mercado, entre outras opções) de seu interesse e abra o gráfico M5 correspondente. Observe a tendência recente dos preços. O preço nunca irá numa direção só. Ele costuma se mover de modo irregular. Apesar disso, muitas vezes é possível reconhecer uma tendência no preço. Se olharmos o gráfico com atenção, perceberemos que, apesar de sua volatilidade, o preço segue uma direção geral. Essa é a tendência.

Tomadas de decisão

Se a tendência for de alta, o valor tenderá a aumentar ainda mais. Nesse caso, é preferível comprar uma opção de compra. Caso seja tendência de baixa, então é melhor a venda, para ter vantagem sobre a desvantagem. Se a tendência for lateral, não há direção clara e previsível. Neste caso, melhor não comprar binárias de qualquer tipo! Procure se concentrar em outros ativos subjacentes onde o gráfico possa exibir alguma tendência.

Pense num gráfico de velas onde as barras verdes e vermelhas mostram os movimentos de 5 em 5 minutos. Inicialmente, vemos uma tendência clara de alta. Vamos aproveitar isso com uma opção de CALL (compra). Com o tempo, a tendência terminará e o gráfico começará a se mover lateralmente. Será, então, a hora de sair fora. Perto do final, o gráfico poderá sinalizar um movimento ascendente. Ainda será muito cedo, porém, para tirar quaisquer conclusões. Antes de uma compra, espere até que a tendência fique mais clara.

Gráfico de tendência M5

Depois de encontrar uma tendência clara, você precisará comprar a opção correspondente. Lembre-se que a continuação da tendência nunca é 100% segura. Ela representa uma probabilidade. Por isso, precisamos limitar os riscos. Como fazer isso? Deve antes de tudo evitar colocar todo o capital de investimento numa só opção. Por exemplo, com 1.000 reais em sua conta, você deverá comprar uma opção de até 50 reais. Desta forma, as perdas estarão limitadas no caso de erros.

Opcionalmente, você pode dividir o risco. Isso é feito com a compra de várias opções. Por exemplo, olhando para cinco gráficos diferentes que mostram tendências claras e contratando uma opção de cada ativo. As opções compradas devem ser de ativos subjacentes diferentes, logicamente. Por exemplo: ações de empresas, algum índice de ações, um par USD/EUR ou a commodity ouro. Se você perder numa das cinco tendências, terá ainda um grande lucro com as quatro restantes.

Ads

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. No fim, esses gráficos parecem complexos no início, só. Depois de um tempo, acabam simples demais e a gente até acha que faltam recursos neles. De qualquer forma, muito bom o artigo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo