ForexInvestimentos

O que é Forex e como funciona esse mercado

Quase todo trader tem um estilo e estratégia únicos para negociar divisas. De fato, sendo o mercado cambial um dos mercados de maior liquidez no mundo, as técnicas disponíveis para a negociação são muito variadas em estilo e em sofisticação. Saber qual a posição mais indicada depende de diversos fatores, mas o volume de negociação costuma ser maior em momentos de volatilidade do mercado, o que está associado a um risco maior.

Este artigo cobre os principais conceitos da negociação de divisas e fornece elementos para ajudar o trader iniciante a compreender melhor as vantagens e os riscos dessa atividade.

Como funciona o Forex

Negociar pares de divisas envolve a tentativa de antecipar uma possível valorização/desvalorização de cada moeda negociada. O trading pode ser baseado, basicamente, em análises técnicas ou análises fundamentais. Após o trader iniciante compreender o básico sobre o Forex, seu passo seguinte será justamente dominar aspectos técnicos e fundamentais para avaliar possibilidades de investimento.

blank

Existem diversos fatores que afetam os preços de moedas. Compreendê-los adequadamente ajuda os traders a identificar momentos favoráveis para negociar divisas. Entre os elementos nessa categoria, incluem-se:

Eventos políticos

Instabilidade governamental, casos de corrupção e trocas ministeriais, por exemplo, podem afetar os valores das moedas. A eleição de um candidato a presidente visto como mais conservador na questão fiscal, por exemplo, tende a valorizar a moeda doméstica.

Política econômica

Quanto aos fundamentos econômicos, os traders monitoram de perto os dados sobre empregos, PIB e políticas monetárias e fiscais (entre outros fatores diversos), que afetam o preço das divisas. Montar um calendário econômico ajuda o trader a monitorar os eventos que influenciam decisivamente os mercados.

Análise técnica

Os traders mais técnicos tendem a confiar e operar baseando-se em indicadores como tendências de preço, índices de volatilidade e outros elementos ligados à análise gráfica e estatística do mercado.

Comprando e vendendo divisas

Tomando o par EUR/USD como exemplo, há diversos cenários que podem indicar a negociação mais promissora. Suponha que você queira operar comprando o par. Se o euro se valorizar frente ao dólar, você obterá um lucro (que depende ainda da comissão e de outros encargos).

Nesse exemplo específico, o trader estará comprando euros enquanto vende dólares americanos. Então, caso a posição de largada tenha estado em 1,1200 e o preço acabe fechando em 1,1308 ao final da negociação, o lucro obtido terá sido de 108 pips. Para saber o quanto você realmente lucrou, será necessário descontar eventuais custos da operação.

Essa operação pode ser realizada pela aplicação de análise técnica completa. Por exemplo, a decisão sobre o ponto de entrada pode surgir pela análise do gráfico (como as velas japonesas, uma opção tradicional em negociações Forex). O formato da vela pode indicar uma situação de sobrevenda ao trader. Ele pode, também, fazer a análise gráfica do par para determinar o ponto de saída ideal e realizar seu lucro.

Já o trader que prefere a análise fundamental poderia se posicionar nesse mesmo par com base em eventos políticos ou econômicos específicos. Por exemplo, se o trader espera que o FED americano aumente os juros na economia, ele presumirá que essa alta atrairá mais investimento estrangeiro para os EUA. Logo, isso aumentaria a demanda pelo dólar.

Qual a reação do trader? Baseado nas notícias, ele poderia considerar uma operação de compra em antecipação a uma valorização do dólar americano. Claro, isso permanece como algo hipotético, pois a teoria e os princípios econômicos gerais não se materializam sempre na vida real.

Independentemente do tipo de análise preferida pelo trader, é possível chegar a resultados parecidos. O importante, sempre, é seguir uma estratégia sólida e consistente, baseada em argumentos lógicos, e não em achismos ou na mera intuição.

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Hoje em dia, o Forex não é mais o que já foi. Principalmente, porque tem essas grandes corretoras dominando o mercado e colocando o spread muito alto. E ninguém quer se arriscar nas corretoras menores, depois de tantos golpes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo