InvestimentosOpções Binárias

O que são Opções Binárias e como elas funcionam

Opções binárias são um instrumento financeiro cuja principal característica é o seu retorno padrão: um valor fixo ou nada. Elas oferecem aos investidores um risco claramente definido e um resultado claro do que se pode lucrar em cada negociação.

As negociações de binárias baseiam-se sempre numa mesma pergunta: determinado índice ou preço irá subir ou cair, em dado período de tempo? Você pode apostar em qualquer das duas hipóteses. Se acertar a previsão (apostar em valorização do ativo, por exemplo, e ele efetivamente se valorizar), você terá um lucro. Caso contrário, perderá dinheiro.

Essa lógica, super simples e capaz de proporcionar grandes lucros (mas também perdas) a um investidor em um tempo extremamente curto, é o motivo de tanto sucesso do mercado de binários pelo mundo – e especificamente no Brasil. Após a febre dos investimentos em criptomoedas e, também, no mercado Forex, em anos recentes, a grande sensação entre investidores de diversos perfis no Brasil tem sido mesmo as opções binárias.

Pensando em dar seus primeiros passos nesse mercado? Este artigo veio, então, em boa hora para você. Nele, explicamos as características básicas da negociação de binárias e qual o risco envolvido nessa atividade. Além disso, detalhamos a situação legal das binárias no Brasil, para você ficar 100% tranquilo sobre isso também.

Como Opções Binárias funcionam?

Ao investir em binárias, há 3 elementos fundamentais nos quais você terá de focar: o mercado adjacente à operação, o preço de exercício do ativo e o tempo para o negócio expirar. Compreendendo bem esses 3 conceitos, você terá absorvido o que são, efetivamente, os fundamentos dos negócios com binárias.

Primeiro, você deve escolher um ativo que gostaria de negociar. Ele diz respeito, no caso das binárias, a um mercado subjacente, visto que você estará negociando não o próprio ativo, mas uma previsão do preço que ele terá futuramente. O ativo subjacente pode ser uma moeda em relação a outra, ações de uma empresa, indicadores de bolsas de valores, commodities e daí em diante.

Então, você deve definir uma direção para o preço de exercício do ativo. Trata-se simplesmente de dizer se o preço do ativo terá descido ou caído no vencimento da operação. Logicamente, ele deverá ficar acima ou abaixo do preço corrente, que você tomará como referência.

O tanto de dinheiro que você aplicar nessa opção binária (subida ou descida) é o máximo de dinheiro que você poderá perder, caso erre a aposta. Por isso, pode-se dizer que o risco assumido, em operações binárias, é limitado. Pense bem no quanto você irá investir na opção, pois seu possível lucro será calculado sobre esse valor (normalmente, algo entre 70% e 90% sobre ele). Além disso, você perderá tudo se errar a previsão.

Por último, você precisa selecionar um tempo de expiração. Este é um momento importante, pois, obviamente, sua previsão em relação à variação do ativo só faz sentido tendo em vista um espaço de tempo bem definido. Opções Binárias têm vida curta, durando apenas alguns minutos ou mesmo segundos. Portanto, tanto a análise das condições do mercado subjacente quanto uma boa análise gráfica contam muito a seu favor.

Opções Binárias são arriscadas?

Uma vantagem das binárias é que você sempre conhece a relação risco-recompensa antes de negociar. Você não pode perder mais do que pagou e sempre sabe o lucro exato que terá a cada negociação, no instante em que faz a operação.

Digamos que você aposte $ 100 que o valor do ativo escolhido irá subir, ao final do prazo de 60 segundos após você ter feito a operação. Se isso se confirmar, dependendo da taxa de retorno praticada pela sua corretora, você terá seus $ 100 de volta, mais algo em torno de $ 70 a $ 90 de lucro. Se errar a previsão, você perde seus $ 100 de modo integral.

Portanto, as binárias têm seus riscos, como qualquer investimento financeiro. No caso, tanto os lucros quanto as perdas podem ser de grande proporção em pouco tempo, o que exige muita atenção e uma estratégia bem definida.

Ads

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. No final das contas, é o trader jogando contra a corretora. Então, o cidadão tem que estar muito seguro de que a corretora é firmeza nos preços e pagamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo