CriptomoedasInvestimentos

O que você precisa saber sobre investimentos em criptomoedas

O uso de criptomoedas tem sido difundido no mundo todo, chamando a atenção de muitos investidores também no Brasil. As criptomoedas ainda geram inúmeros questionamentos sobre seu funcionamento, mas na verdade são muito mais parecidas com as moedas tradicionais, com as quais convivemos diariamente, do que se imagina.

As principais diferenças entre a moeda tradicional e uma criptomoeda é que as criptos são exclusivamente digitais e não são emitidas por um governo específico, como o Euro é pela União Europeia ou o Real, pelo Brasil. No entanto, o que torna esse tipo de ativo realmente inovador, na visão de quem trabalha com investimentos em criptomoedas, é que as negociações já não precisam de um intermediário. 

É seguro apostar nos investimentos em criptomoedas?

Uma das questões principais que passam pela mente dos investidores é a segurança das transações. Apesar de receber a alcunha de ‘dinheiro virtual’, a criptomoeda é muito mais que isso. Por isso, importa tanto seguir protocolos claros de segurança.  

Artigos relacionados

A grande maioria das moedas em circulação possui marcas d’água ou outros dispositivos específicos de segurança para evitar a falsificação. As criptomoedas desenvolveram um sistema próprio tendo como base essa mesma preocupação.

Através da criptografia, as criptomoedas conseguiram desenvolver códigos de segurança extremamente difíceis de serem quebrados, garantindo portanto a segurança de quem busca realizar investimentos em criptomoedas.    

O blockchain é um protocolo de confiança responsável por garantir a segurança tecnológica, criando uma base de dados capaz de organizar um índice global que arquiva as negociações realizadas dentro do mercado de criptomoedas. Configura, portanto, uma espécie de livro-caixa onde podem ser averiguadas todas as transações e investimentos. 

Como funcionam os investimentos em criptomoedas? 

Para explicar o modo como funcionam as criptomoedas enquanto ativo para investimento, talvez a melhor forma seja compará-las às moedas normais de uso corrente. Uma criptomoeda tem comportamento semelhante ao de qualquer outra moeda do mercado. Tem períodos de valorização e desvalorização, portanto, o investimento acontece através da compra ou venda da moeda nos momentos em que se espera uma oscilação positiva ou negativa dela – como se dá em outros mercados financeiros. 

Para começar a investir, normalmente o trader precisa adquirir a moeda de alguém que já a tenha. A criptomoeda é, simplesmente, um código virtual criptografado, que é convertido para os valores das moedas em cada país onde se realizam o investimentos. Em 2020, para confirmarmos a valorização desse mercado, um bitcoin chegou a valer mais de dez mil dólares.

Uma das facilidades do mercado das criptomoedas é que toda negociação acontece online. Para quem busca realizar investimentos em criptomoedas, isso ajuda muito, pois dispensa grande parte da burocracia e dos intermediários que normalmente estão envolvidos no processo.

Ainda assim, é preciso lembrar que, apesar de ser mais fácil realizar essas transações, a ausência de regulamentação pode trazer problemas. Normalmente, são os intermediários que garantem a segurança entre as partes. Ainda que a criptografia seja segura, existe um fator humano que é a confiança no outro investidor.

A maior parte das transações ainda ocorre anonimamente pela internet. O investidor administra a moeda através de uma carteira online.

Quais as principais moedas?

Antes de decidir qual a criptomoeda que você deve investir é importante saber quais os critérios que você deve observar antes de começar os seus investimentos. Liquidez e desenvolvimento são alguns dos principais pontos que você deve observar na hora de começar a investir. 

Atualmente, as quatro principais criptomoedas para quem busca realizar investimentos nesse mercado são o Bitcoin, a Ethereum, o XRP e o Binance Coin. Segundo investidores, a Ethereum hoje estaria entre uma das criptomoedas mais populares. 

Tendo alcançado uma valorização de quase doze bilhões no mercado, a criptomoeda tem se destacado principalmente pela segurança do armazenamento dos seus dados.

Como realizar investimentos com segurança?

Reunimos aqui algumas dicas básicas para quem está começando a realizar investimentos em criptomoedas. A primeira delas é, sempre escolha investir em corretoras conhecidas. Assim como em qualquer negócio, escolha um lugar que tenha confiança e que possua uma boa reputação no mercado. 

Ao começar a investir é importante também ter uma carteira própria, é mais seguro e assim o investidor tem mais controle dos seus investimentos. E por último, mas não menos importante, se você não estiver negociando, não deixe o seu dinheiro parado nas corretoras. Existem relatos de investidores que perderam seu dinheiro quando empresas que foram hackeadas.

Ads

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo