EstratégiasFerramentasForexInvestimentos

Como definir limites e níveis ao operar Forex

Certamente é muito importante saber estudar tendências e obter sinais confiáveis de negociação, mas também é essencial saber como marcar posições. Para isso, é importante ser capaz de marcar gráficos com limites potencialmente relevantes, que podem ser tanto pontos de inflexão quanto de fricção.

Existem diversas ferramentas úteis para identificar limites importantes. Alguns bons exemplos são as retrações de Fibonacci e as técnicas de suporte e resistência. Neste artigo, explicamos essas e algumas outras opções para a marcação de limites e níveis em Forex.

Suportes e resistências

Como os suportes/resistências tendem a interromper ou desacelerar os movimentos, eles podem, logicamente, ser boas ferramentas para marcar metas.

Se estivermos seguindo uma posição comprada e houver resistência em nosso caminho, pode ser sábio colocar seu limite (sua meta) antes da resistência. Pelo contrário, se seguirmos uma posição vendida e houver um suporte à vista, podemos colocar a meta imediatamente antes dele.

Médias móveis

Assim como os suportes e as resistências, as médias móveis podem ser pontos críticos e, portanto, também podem ser usadas para definir metas.

Quando estamos seguindo uma posição e uma média móvel significativa está em nosso caminho, pode ser interessante posicionar seu limite (seu alvo) imediatamente antes da média móvel.

Retrações de Fibonacci

Fibonacci em Opções Binárias

As retrações de Fibonacci derivam da sequência de Fibonacci, uma famosa sequência numérica desenvolvida por um matemático italiano do século 13. Muitas vezes aplicada nas ciências e, em particular, na biologia, essa sequência também é adotada para muitas técnicas de negociação já desenvolvidas.

Independentemente da base matemática desse método, o importante é que muitos investidores o utilizam. Os níveis que ele pode detectar, portanto, são significativos para muitas pessoas.

Concretamente, trata-se de “cortar” uma tendência, para dela deduzir níveis importantes para a tendência que a segue. Na prática, você não tem quase nada a fazer, exceto arrastar o mouse do ponto mais alto para o ponto mais baixo se estiver retraçando uma tendência de baixa, e de baixo para cima se estiver refazendo uma tendência de alta.

Os níveis de Fibonacci muitas vezes correspondem a pontos de inflexão e, às vezes, servem como suportes ou resistências. Isso não funciona sempre, nem com extrema precisão, mas podemos confirmar os níveis identificados com os apoios ou resistências, ou com os pontos de pivô, técnica que mencionamos a seguir.

Pontos de pivô

A técnica do ponto de pivô permite a identificação de 9 níveis importantes (1 ponto de pivô, 4 suportes e 4 resistências) calculados automaticamente pelas plataformas de negociação. Podemos pular a parte do cálculo, que não nos interessa aqui, para focar em seu para a negociação.

Dos 9 níveis calculados, o mais importante é o Pivot Point (o do meio).

A regra de utilização é muito simples:

Em geral, se os preços se moverem acima do ponto pivô, a tendência será considerada positiva. Por outro lado, se os preços se moverem abaixo do ponto de pivô, analisaremos a tendência como de baixa.

Se apostarmos na queda, podemos, portanto, usar os níveis abaixo do ponto de pivô central como objetivos. Por outro lado, no contexto de uma operação de compra, podemos almejar níveis acima do ponto de pivô central como objetivos.

Limiares psicológicos

Limiares psicológicos também são importantes e podem ser mais facilmente identificados. Eles são, essencialmente, o que costuma-se chamar de números “redondos”. Isso leva a uma regra simples: quanto mais “zeros” houver no número, mais forte psicológico será esse limiar.

O limiar psicológico por excelência é justamente a paridade entre moedas. Ou seja, quando uma moeda tem o mesmo valor, numericamente, que outra moeda contra a qual é cotada. Ou seja, o seu preço fica igual a 1,0000.

Além das paridades, existem limiares psicológicos com três zeros, como 0,8000, 1,2000, 1,4000 etc. Depois, há os limiares psicológicos com dois zeros (portanto, a cada 100 pips) e outros com apenas um zero (20, 50 e 80). Limiares com menos zeros costuma ser mais úteis no curto prazo.

Ads

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo