EstratégiasFerramentasInvestimentosOpções Binárias

Estratégias de gestão de banca para Opções Binárias

Uma boa estratégia de negociação de binárias deve sempre garantir lucros máximos e risco mínimo de perda, sejam quais forem as condições de mercado. No entanto, usar as estratégias certas, apesar de essencial para o sucesso, não é suficiente. Sabemos que sem uma corretora de binárias confiável, nenhum resultado é alcançado. Mas também há outro aspecto que deve ser considerado: a gestão do dinheiro.

A estratégia certa de gestão financeira ajuda você a ganhar mais e a manter o risco dentro de limites aceitáveis. Não é difícil fazer o gerenciamento do seu dinheiro, mas requer aplicação e responsabilidade. Um trader pode não ter ainda uma estratégia de negociação bem definida, mas precisa ser capaz de gerir bem seus fundos.

Neste artigo, explicamos em quais áreas se faz, na prática, a gestão financeira.

Artigos relacionados

Saldo em conta na corretora

O depósito é a transferência do seu dinheiro, com origem em conta bancária, cartão de crédito ou o que for, para sua conta aberta na corretora. O dinheiro permanece sendo seu, mas fica aos cuidados da corretora.

reais ou em dólar

Agora, o primeiro problema que a gestão financeira precisa resolver é: quanto depositar? Não há uma resposta única, e a escolha deve ser ditada pelo seu bom senso. As corretoras costumam exigir um depósito mínimo, ou seja, um valor abaixo do qual não aceitam depósitos. Mas não adianta depositar apenas o mínimo, pois em pouco tempo você poderá ficar sem capital suficiente para negociar. Além disso, ao depositar mais que o mínimo, você geralmente tem a possibilidade de obter um tratamento favorável da corretora.

Finalmente, há a questão do bônus de depósito. Normalmente, o primeiro depósito está associado a um generoso bônus de boas-vindas que aumenta o capital disponível para o trader. Se depositar muito pouco, você corre o risco de perder essa oportunidade oferecida pela corretora.

No entanto, não se deve, também, depositar um capital excessivamente alto. As binárias são um investimento essencialmente especulativo. Mesmo que os lucros potenciais sejam altíssimos (praticamente ilimitados), você não deve se exceder ao aplicar recursos nessa atividade.

Operações em binárias

Depois de depositar dinheiro em sua conta, você pode começar a negociar para obter lucro. Agora vem a diversão: qual valor deve ser investido em cada operação? Existem duas abordagens principais para a gestão financeira, neste caso, uma com valores fixos e a outra com valores variáveis.

A abordagem de valor fixo requer que você defina um valor (por exemplo: 10 dólares) e use sempre esse valor em todas as transações. É uma abordagem que dá sistematicidade à negociação e permite que você mantenha suas emoções sob controle.

No caso da abordagem com valores variáveis, calcula-se 2% do capital total (capital disponível + bônus) para determinar o investimento em cada transação. Não é um cálculo difícil e tem benefícios imensos. Se você está ganhando, de fato, o capital cresce e, portanto, também o valor investido nas transações. Se você está perdendo, no entanto, o capital diminui e, portanto, o valor investido também diminui – assim, você perde menos. A porcentagem pode ser adaptada conforme suas preferências, mas evite chegar a valores com dois dígitos.

Sacando os lucros

Com a negociação de binárias, você rapidamente acumula lucros que são adicionados à sua conta. Todos os traders querem aproveitar o dinheiro que ganham e, portanto, pretendem transferir os lucros para suas contas. É uma escolha legítima, mas que pode limitar os ganhos potenciais, caso você saque tudo ou quase tudo.

O ideal é retirar apenas uma parte dos lucros e deixar o restante para seguir investindo. É evidente que esta decisão também depende muito da condição financeira pessoal do trader. Se ele precisar de dinheiro imediatamente, certamente será melhor sacar. No entanto, se puder esperar, deve manter o saldo em conta.

Quem negocia binárias geralmente saca em torno de 50% dos lucros, mas essa não é uma regra fixa. Você também pode decidir a frequência com que efetuará saques. As estratégias mais comuns envolvem a retirada uma vez por semana ou uma vez por mês. Em todo caso, o comerciante deve manter uma tabela para registrar suas movimentações. Assim, não perderá o controle sobre depósitos, lucro real e retiradas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo