InvestimentosOpções Binárias

É melhor operar Opções Binárias em reais ou em dólar?

Entre as questões que geram mais dúvidas em traders de binárias é a escolha da moeda para os depósitos na conta da corretora escolhida. Isso ocorre porque muitas das corretoras de binárias oferecem mais de uma opção de moeda. Os traders brasileiros costumam ficar na dúvida, principalmente, entre o dólar (americano, no caso) e o real.

Há diversos fatores que favorecem uma ou outra escolha, mas dois deles chamam mais a atenção: as diferenças nas taxas de cada corretora para depósitos em real ou em dólar; as variações nas cotações das moedas. Esses são dois motivos frequentes de debates entre traders brasileiros – e de outros países, claro – e, certamente, não há um consenso sobre o tema.

Por isso, trazemos aqui alguns dos principais argumentos relativos a esses dois assuntos, para você avaliar como cada cenário pode beneficiar mais a sua negociação. Certamente, a decisão terá muito a ver com seu perfil e seus hábitos de investidor. Portanto, é preciso ter seu próprio contexto em vista enquanto você estiver analisando cada argumento.

blank

Cuide sempre as taxas da corretora

Sem dúvidas, um fator essencial, na escolha entre dólar e real para depósitos em uma corretora de binárias, são as taxas praticadas pela empresa. No caso, o que está em questão são as diferenças das taxas para cada moeda.

As taxas podem variar por diversos motivos. Um deles é, claro, o fato de as corretoras de binárias não serem brasileiras e, como consequência disso, não estarem localizadas no Brasil. Como o mercado de binárias não é regulado no Brasil, todas as empresas que atuam nesse setor e oferecem seus serviços, hoje, para clientes brasileiros, estão em outros países. Os países podem variar bastante, mas há uma tendência de plataformas registradas em lugares como Seychelles e Ilhas Cayman, entre outros locais com condições atrativas para empresas da área financeira.

Como consequência do fato de essas empresas não estarem no Brasil, os depósitos em real normalmente são realizados como remessas ao exterior. Ou seja, na prática, você está enviando seu dinheiro para fora do país ao realizar um depósito em uma corretora de binárias. Se você converter seu dinheiro em dólares para manter o depósito nessa moeda, isso também ocorre (a remessa para o exterior), mas os meios utilizados (como carteiras digitais, por exemplo) não serão necessariamente os mesmos.

Ou seja, você tende a utilizar serviços diferentes (de terceiros) em um caso ou outro. Logicamente, os preços de cada serviço poderão também ser (e normalmente são) diferentes. As variações nos preços praticados pelos fornecedores seriam uma questão importante, de qualquer forma, já que nada garante que uma mesma empresa (como a Neteller, por exemplo) cobrará a mesma taxa para realizar transferências em dólar e em real. A verdade é que os preços praticados podem ser muito diferentes. Portanto, confira e faça simulações para cada caso antes de realizar um depósito. Afinal, taxas inesperadas podem acabar comendo parte dos seus lucros duramente obtidos.

Olho na instabilidade do Real

Outro fator importante a avaliar é a cotação do dólar frente ao real. Na verdade, esse é um fator que pode ameaçar ainda mais os seus lucros, dada a instabilidade que o real costuma apresentar historicamente. Isso se agravou ainda mais recentemente, com as seguidas crises econômicas no Brasil. Nesse cenário, o valor do real tem variado significativamente.

Mas qual é o risco, na prática? Simples: você pode fazer um depósito em dólares e, quando for sacar seu dinheiro da corretora (transformando-o em reais, novamente), descobrir que o dólar desvalorizou. Com isso, logicamente, você receberá menos reais do que tinha originalmente, no momento do depósito.

É claro que, nos últimos anos, o movimento de longo prazo tem sido de desvalorização do real frente ao dólar. Portanto, se você pretende manter um saldo na corretora por bastante tempo, sem mexer nele, pode acabar se beneficiando disso em algum momento, caso o dólar se valorize mais. No entanto, essa pode ser uma estratégia arriscada. Afinal, você pode precisar do dinheiro antes ou sofrer com uma reversão nessa tendência. Essa é uma estratégia que compensa se você tem condições de manter uma posição em dólar (uma moeda forte e estável) por bastante tempo.

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Importante é ganhar dinheiro. O resto é o de menos. Mas do jeito que o real vai, melhor ter tudo em dólar… Só cuidar pra ter um câmbio bom na hora do depósito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo